15.11.08

Roupa de Cama

Tem coisas na vida da gente que deveriam ser como roupa de cama: cansou, troca.

Arranca a fronha do travesseiro, arranca o cara do seu coração. Coloca a capa no endredon, enfia outra idéia na sua cabeça. Encaixa o lençol de baixo e uma nova pessoa na sua vida.

Aí pega o que tá sujo - máguas, solidão, medo - enfia na máquina de lavar com bastante amaciante e depois de umas duas horas tira, estica num varal aquilo tudo meio amassado, retorcido, com outro aspecto. Limpo. Cheiroso.

Tem coisas na vida da gente que deveriam ser como roupa de cama: lavou tá novo, toda semana troca e, ademais, tem sempre uma extra.

Tem cama demais na vida da gente.

Sat Nam ;)

2 comentários:

Priscilla Cruz disse...

Assino embaixo!

Não sabia q vc escrevia (e tão bem!)
Me identifiquei demais!
Li alguns dos mais antigos tb... Todos muuuuito bons!

beijo!

Pri França

Carol V disse...

A-D-O-R-E-I
e a VCV pavimenta coração???
E laiá....