28.10.08

Neste momento a saudade está a me consumir. Sinto uma falta não sei do quê. E dói. Dói horrores no meio de uma tarde simples e qualquer. Quando eu deveria estudar, fazer o trabalho que é pras 5h, já são 2...3. Não consigo. Não me concentro. Sinto um vazio que me preenche e enche meus olhos de lágrimas. Que dor! Porquê? Pra quê? Elas escorrem, molham minha escrivaninha e embaçam meu olhar. Qual o propósito, qual o motivo? Se pudesse arrancava de mim essa falta, essa angústia, esse medo. Arrancava de mim essa dor que me enche de culpa. Arrancava de mim, me descascava toda e achava aquela eu que eu gosto tanto de ser. Será que ela não veio? Será que ela ainda existe? Se alguém a vir por aí, diga que estou procurando por ela. Ofereço como recompensa meu sorriso sincero, minha gratidão eterna e minha amizade de plantão...pra sempre.

Sat Nam ;)

Um comentário:

ariane.carreira disse...

Amiga,achei a garota que procura!!! Esta todos os dias no meu pensamento, nas fotos que tenho pela casa, e na certeza que sempre irei encontra-lá...
Que delicia de blog, que leitura gostosa,que orgulho de vc!!! Te amo!!!