25.5.09

Sintonia

Na falta de um, minha casa tem DOIS jardins. Um na frente, outro no fundo. Sem a menor comunicação. 

Hoje cedo fui lá atrás, dar bom dia pro dia, tomar um pouco de sol (em londres!!!) e vi que uma rosa linda começa a nascer. 

Mais tarde fui colocar o lixo lá na frente e seria impossível não ver que um botão rosa está se abrindo.

Entrei em casa, entrei no meu blog pra falar das maravilhas da natureza. Havia um comentário gostoso de alguém contando que resolveu vir pra Terra da Rainha se aventurar em busca de qualquer sentido.

Voltei pro blog mais tarde, numa segunda tentativa de batucar com graça o teclado do computer em busca de escrever qualquer coisa  e me deparei com  mais um comment delícia, de alguém que fez uma questão preciosa de dizer que achava o que lia bom.

As roseiras da minha casa nao se conhecem, nunca se viram e certamente nunca vão se encontrar. Mas a sincronicidade com que expressaram suas primeiras flores na chegada deste verão, faz perceber que a existência está sempre na mais perfeita harmonia.

Na falta de um, recebi DOIS comments hoje. Na falta de uma, genhei DUAS rosas hoje. Na falta da calma que o fim da pós me rouba,  meu dia hoje fez sentido em dobro.

Tudo o que vem da alma faz sentido e se faz sentido.

Sat Nam ;)

*super super thanks pelo carinho 




Um comentário:

Nathália Vitachi disse...

Ai que fofa!!!